nfora

27.01.2013

* Um azeite para cada paladar

fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br

Dentro das distintas zonas de cultivo de oliveiras, a Espanha ocupa um lugar de destaque, sendo a maior produtora e exportadora mundial de azeitonas e azeites de oliva. Atualmente, o país possui mais de 260 variedades de azeitonas, dessas, mais de 80 variedades são destinadas à produção de azeites. Conhecer as diversas variedades de azeites possibilita descobrir inúmeros sabores e infinitas maneiras de cozinhar cada prato e adaptá-lo a cada paladar. 

A partir da colheita, lavagem, maceração e centrifugação das azeitonas obtém-se o azeite de oliva. Cada azeite monovarietal, produzido com uma única variedade de azeitona, terá características especificas. Os azeites produzidos com azeitonas da variedade Hojiblanca e Cornicabra, por exemplo, terão um sabor e um aroma mais intensos, com notas ligeiramente amargas e picantes. Para sabores mais suaves e doces, destacam-se os azeites feitos com a variedade Arbequina. E para sabores levemente intensos e frutados, temos o azeite monovarietal produzido com as azeitonas Verdial.

E sobre a acidez dos azeites? Muitos desconhecem, mas a baixa acidez de um azeite nos permite conhecer a saudabilidade das azeitonas do qual ele foi produzido. Os azeites produzidos com azeitonas mais saudáveis resultam em produtos de baixa acidez. Vale a pena ressaltar que a qualidade do produto depende de vários fatores, como: um azeite obtido de azeito nas frescas, em ótimo estado de maturação, conservado por um curto período, associado a uma campanha com excelentes condições climatológicas, a um solo adequeado e a um controle do processo de qualidade durante a sua produção, elaboração e armazenamento, resultará em um azeite de baixa acidez e de excelente qualidade.

Segundo a União Européia, os azeites extra virgens são aqueles obtidos a partir da primeira prensagem das azeitonas, que mantém intactas as suas propriedades naturais, sem nenhuma interferência química e, cuja acidez é menor que 0,8%. Os azeites de oliva virgens possuem acidez entre 0,8% e 2%, já os azeites lampantes, impróprios para o consumo, possuem acidez superior a 2%.

Podemos perceber que a degustação de azeites está cada vez mais divulgada entre os apaixonados pela gastronomia. Cada variedade de azeitona produz azeites com aromas e sabores diferentes. Os azeites extra virgens monovarietais, cada vez mais acessíveis no mercado, são uma ótima opção para degustação e elaboração de pratos. Cabe a cada gourmet eleger a variedade de azeitona que mais agrada ao seu paladar e que combina melhor com seus pratos!

Ana Paula Beloto – gerente de marketing da Sandéleh Alimentos

Voltar <<

Comentários